Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Angel Luzinha

Fotografia e o prazer de ser Mulher e Mãe por Paula Veiga Claro

Angel Luzinha

Fotografia e o prazer de ser Mulher e Mãe por Paula Veiga Claro

Ser mãe é #32

31.10.14 | Paula Veiga Claro
Passar a dar alguma atenção a esta coisa do Halloween. É uma data que não me diz rigorosamente nada mas é impossível ficar-lhe indiferente quando se tem uma miúda que só vê morcegos e abóboras em todo o lado. O canal Panda e companhia não falam noutra coisa (há mais de um mês), as lojas estão cheias de tralha e as crianças ficam completamente formatadas para vibrar com tudo isto. Ontem, enquanto me dizia que quando for grande quer ser artista, encheu uma página do diário da Violetta de morcegos, fantasmas e bruxas. Tem queda para o desenho, lá isso é verdade, mas cheira-me que teria mais futuro aqui eh eh eh!

E hoje? Hoje transformou-se em Draculaura e lá foi ela a caminho da escola com um sorriso maravilhoso naquela carinha linda. O vestido é o tal que compramos aqui. Lembram-se? Foi um stresssssssss dos diabos mas felizmente ainda lhe serve e fica-lhe a matar.

Ao sair de casa deparei-me com a cereja no topo do bolo: "Mamã, a Amélie não ligou nenhuma ao meu vestido. Se calhar não gostou!"

"Ohhh Rafaela, a Amélie é uma cadela! A pobre quer lá saber de roupas e vestidos! Ela nem sabe o que isso é! Por ela até podemos andar nuas!"


Deixou a renda e a peruca em casa porque lhe dão comichões. Os collants pretos são da Calzedonia e o bolero é da Cóndor que está de parabéns pelas excelentes malhas que tem (caso contrário não teria sobrevivido a este genocídio!). A mochila é da Staples.


E a Amélie é nossa e é a coisinha mais querida! 
Todos os dias leva a dona mais pequenina à escola. Um amor sem fim 

AngelLuzinha

Comentar:

CorretorEmoji

Comentar via SAPO Blogs

Notificações de respostas serão enviadas por e-mail.

Este blog tem comentários moderados.